Prestes a se formarem, alunos do técnico em Administração apresentam planos de negócio
18/11/2022 - 16:34

Estudantes do curso de Administração do Colégio Estadual Leôncio Correia, em Curitiba, apresentaram seus projetos de negócio nesta sexta-feira (18), no Paço da Liberdade. Os alunos, que estão no 4º ano do ensino médio técnico, desenvolveram 21 projetos empreendedores, incluindo empresas de bicicletas de bambu e de sobremesas para idosos com restrições alimentares.

A atividade, que faz parte da conclusão do curso, consistiu em criar planos para abrir empresas com perfil empreendedor de baixo orçamento. Para isso, os alunos tiveram de montar planos de marketing, operacional e financeiro.

“A proposta é estreitar a realidade da escola com o ambiente empresarial”, explica o diretor, Marcello Monteiro. Ele, assim como a equipe docente do colégio, acompanhou e orientou o desenvolvimento dos projetos — todos baseados em princípios de sustentabilidade. 

Ao longo do curso, os estudantes aprendem uma série de técnicas de administração utilizadas em grandes corporações — o que é de extrema importância para o aprendizado, mas distante da aplicação cotidiana. Por isso, o objetivo da atividade é fazer os estudantes colocarem em prática técnicas de administração próximas de sua realidade, preparando-os para exercê-las em breve no mercado de trabalho.

Leonardo Damaceno Alfredo (18), é um dos integrantes do grupo que criou o projeto Bu-Bike, que consiste na revitalização de bicicletas utilizando bambu para substituir as partes enferrujadas. “O projeto tem como princípio a criatividade e a sustentabilidade, mostrando que as duas podem caminhar juntas”, diz o estudante. “Foi uma experiência muito divertida e que vamos levar para o resto da vida.”

Já Evelyn Leonarczyck (19) criou um projeto de confeitaria pensada para pessoas idosas com restrições alimentares: Maria Doces & Cakes. “Idosos com diabetes, por exemplo, precisam cortar os doces, mas ainda assim ficam com vontade. Por isso, pensei em produtos para essas pessoas”, conta a aluna.

Evelyn faz sobremesas como cupcakes, bolo de cenoura e brigadeiros — tudo com açúcar reduzido — e pretende continuar com o projeto, levando para o mercado de trabalho o que aprendeu ao longo do ensino médio técnico. “Meu sonho é abrir uma confeitaria. É a continuidade do sonho da minha avó. Já tenho até um cantinho em casa”, conta.

Ensino técnico — A rede estadual oferece 40 opções de cursos técnicos em 250 municípios paranaenses. Além de Administração, há cursos como Enfermagem, Jogos Digitais, Estética, Farmácia, Agronegócio, Marketing, Desenvolvimento de Sistemas, Formação de Docentes, Gastronomia, Hospedagem, entre outros. Quem vai ingressar no ensino médio pode entrar em contato com uma instituição de ensino que ofereça cursos técnicos integrados. Aqueles que já concluíram o ensino médio devem buscar os colégios que ofertam cursos técnicos subsequentes.