Alunas da rede estadual são selecionadas para intercâmbio do programa Jovens Embaixadores 22/04/2024 - 17:28

A seleção de 2023 do programa Jovens Embaixadores (iniciativa da Embaixada e consulados dos Estados Unidos no Brasil) elegeu 46 estudantes brasileiros das redes públicas de ensino para realizar, entre os meses de janeiro e fevereiro de 2024, um intercâmbio nos Estados Unidos, que inclui palestras, oficinas e reuniões com representantes do governo. A lista com os nomes selecionados foi divulgada na quarta-feira (01) e, entre eles, duas alunas da rede de ensino do Paraná participarão do intercâmbio: Gabriela Caitano de Lima, aluna do Colégio Cívico-Militar Mahatma Gandhi, município de Guarapuava e Milena Carolini Copatti, do Colégio Estadual do Campo Castelo Branco, em Coronel Vivida.

 

O programa visa promover ações empreendedoras entre os jovens com foco em temas como inclusão social, educação, cultura, crédito comunitário, mobilidade urbana, igualdade de gênero e raça, meio ambiente, empoderamento jovem, necessidades especiais, cooperativas em geral, etc. Por isso, entre os critérios de seleção dos alunos está o engajamento em iniciativas de impacto social em suas comunidades. 

 

O projeto de Milena atendeu aos critérios da seleção por meio de seu desempenho na monitoria de linguagem, como participante do programa Aluno Monitor, de iniciativa da Secretaria de Estado do Paraná (Seed-PR) na qual colabora junto aos colegas no aprendizado da língua inglesa e também do português. 

 

Intercâmbio - Os selecionados (oriundos de todos os estados brasileiros) participarão de um intercâmbio de curta duração nos EUA, entre os dias 20 de janeiro a 4 de fevereiro de 2024. Após uma breve passagem pela capital, Washington, D.C, eles serão divididos em grupos menores e cada um seguirá para uma das seguintes cidades: Kalamazoo, Michigan; Pensacola, Florida; e Tulsa, Oklahoma, como parte do programa. O intercâmbio é patrocinado pela Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil, conta com o apoio institucional do Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED), Secretarias Estaduais de Educação e da rede de Espaços Americanos espalhados pelas mais diversas partes do país.

 

A programação começa com uma orientação pré-partida em São Paulo, e no dia 19 de janeiro, embarcam para Washington, D.C.. onde participarão de várias atividades, como oficinas sobre liderança e empreendedorismo, projetos de impacto social, reuniões com representantes do governo, visitas a escolas da região e farão apresentações sobre o Brasil e seus estados. Depois disso, nos estados-anfitriões acima, serão hospedados por uma família voluntária e terão a oportunidade de vivenciar a cultura e o dia a dia dos americanos.


 

Jovens Embaixadores - O programa Jovens Embaixadores, que já levou mais de 700 brasileiros aos Estados Unidos, seleciona anualmente jovens entre 15 e 18 anos que sejam estudantes do ensino médio da rede pública no Brasil. Entre os critérios de seleção estão perfil de liderança, bom desempenho acadêmico, conhecimento em inglês e engajamento em ações de impacto e empreendedorismo social.

 

Edição passada - Em julho de 2022, a estudante da rede estadual  Eloyse de Araújo Borguezani, de 17 anos, do Colégio Estadual Padre Cláudio Morelli, em Curitiba, foi uma das selecionadas para participar do programa. A iniciativa que a consagrou foi o trabalho de mentoria desempenhado por ela na equipe de robótica de seu colégio, na qual ajuda os membros do grupo com ideias de construção de projetos, orientações sobre regras de torneios, além do auxílio na pesquisa, programação e montagem de robôs.